Você, provavelmente, já passou por uma via e se questionou sobre o limite de velocidade dela ou sobre quem determina esses limites? No Brasil, as autoridades locais têm liberdade para determiná-lo, a fim de garantir a segurança de todos que transitam por ali. Para dizer quais são os limites máximos de velocidade das vias, são […]

Limites de velocidade: de onde vêm? Porque existem? Quem determina?


Você, provavelmente, já passou por uma via e se questionou sobre o limite de velocidade dela ou sobre quem determina esses limites? No Brasil, as autoridades locais têm liberdade para determiná-lo, a fim de garantir a segurança de todos que transitam por ali.

Para dizer quais são os limites máximos de velocidade das vias, são avaliadas características técnicas, condições do tráfego, fluxo de pedestres ou carros lentos, volume de transitação de veículos, se a pista é simples ou dupla. Além disso, é calculada a velocidade de 85% dos automóveis que transitam pelo local. Em pistas próximas a escolas, por exemplo, deve-se dirigir mais devagar.


Velocidade máxima em pistas próximos a escola é menos do que em vias urbanas

O condutor deve se orientar através das placas de sinalização, já que o limite determinado por elas deve ser respeitado. É preciso ficar atento também até onde vai essa indicação, pois mais à frente na via pode haver outra placa que mostre novas velocidades permitidas, o que significa que desse ponto em diante as condições são diferentes.

Limites das vias no Brasil

No Brasil, os limites de velocidade estabelecidos são: 30 Km/h nas vias locais, 40 Km/h nas vias coletoras, 60 Km/h nas vias arteriais e 80 Km/h nas vias de trânsito rápido. Já nas rodovias de pista dupla, 110 Km/h para automóveis, camionetas e motocicletas, 90 Km/h para os demais veículos. Nas rodovias com pista simples, 100km/h para automóveis, camionetas e motocicletas e 90 Km/h para os demais veículos.

A multa referente à ultrapassagem no trânsito é uma punição regulamentada pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB). O objetivo é inibir manobras arriscadas, afinal, essa atitude coloca em risco a vida do motorista e de todos ao seu redor, uma vez que o excesso de velocidade é uma potencial causa de acidentes. 

Motivos para respeitar a velocidade da via

Além de evitar receber multas, há uma série de outros bons motivos para respeitar a velocidade da via, como o tempo de reação do cérebro, que demora pelo menos 1 segundo para reagir diante de um novo estímulo. A 80km/h, em pista seca, o carro percorre 22 metros neste tempo, antes de o motorista pisar no freio. Além disso, para controlar a frenagem é preciso de mais tempo e espaço. Já que, ainda a 80 km/h, depois de acionado a freio, são mais 30 metros até o carro parar.

Contudo, infelizmente, ultrapassar os limites de velocidade é uma infração comumente cometida no nosso país. O que gera um aumento na probabilidade de acidentes e na gravidade de suas consequências, em especial para os pedestres, ciclistas, motociclistas, motoristas iniciantes e pais que confiam seus filhos ao serviço de vans escolares.


Por isso, o cuidado não deve ser uma preocupação apenas quando você está no volante. Os produtos Autotrac One permitem  segurança e controle aos pais, que podem supervisionar seus filhos quando estão transitando com outras pessoas, por exemplo. Ou então, para ficar de olho na direção dos seus filhos ao dirigir seu carro, e evitando multas de trânsito e acidentes com o controle de velocidade. 

Para ter controle total sobre o seu veículo e acesso aos registros de velocidade, conte com os rastreadores AUTOTRAC. Clique aqui e garanta o seu.


Já está indo? [Compreagora10%]