Chegamos ao período chuvoso. Nesta época do ano, o cuidado no trânsito deve ser redobrado, especialmente para quem anda de moto, uma vez que motocicleta deixa o corpo mais exposto e, em um imprevisto, mais sujeito a sofrer com o impacto. Para não correr risco de acidentes, separamos algumas dicas para você aproveitar o fim […]

Moto e chuva? Só se a segurança estiver junto!

Moto e chuva? Só se a segurança estiver junto

Chegamos ao período chuvoso. Nesta época do ano, o cuidado no trânsito deve ser redobrado, especialmente para quem anda de moto, uma vez que motocicleta deixa o corpo mais exposto e, em um imprevisto, mais sujeito a sofrer com o impacto. Para não correr risco de acidentes, separamos algumas dicas para você aproveitar o fim de ano ao máximo e com toda a segurança junto à sua paixão de duas rodas.

Continue a leitura e saiba como agir na hora de pilotar no molhado.

Dicas para andar de moto na chuva

Infelizmente, moto e chuva são uma combinação perigosa. Afinal, a chuva dificulta a visualização de obstáculos e de outros veículos, diminui a aderência dos pneus, aumenta o espaço percorrido em frenagens e prejudica manobras de emergência. Mesmo evitando pilotar com o mau tempo, a chuva pode pegar você a qualquer momento. Por isso, todo motociclista deve estar preparado para encarar a chuva e os ventos fortes.

Nesses dias chuvosos, é bom pensar que enfrentar as más condições climáticas faz parte de um processo de aprendizagem, que vai permitir desenvolver novas habilidades e competências. Para isso, você pode contar com o apoio do rastreador para moto da Autotrac. Com o One Moto, que é resistente à água, é possível garantir a sua segurança e a da sua máquina.

Roupas e acessórios

Antes de dar qualquer voltinha de moto, é necessário verificar se você tem o vestuário adequado, ainda mais quando for encarar o tempo chuvoso. Alguns acessórios se tornam mais que grandes amigos do motociclista. É o caso, por exemplo, do capacete, que deve ser fechado e cobrir todo o rosto. Sem a proteção facial, as gotas de chuva e o vento forte podem machucar e impedir que você dirija corretamente, podendo provocar algum tipo de acidente.

Além do capacete, outros itens também podem ser muito úteis, como o fator térmico, a balaclava, as luvas e as botas com solado de borracha. Sem falar nas capas impermeáveis, que existem em modelos e estilos para todos os gostos.

Visibilidade da moto

É preciso redobrar a atenção não só para a sua própria condução, mas também para que seja visto pelos outros motoristas. Então, procure andar no centro da faixa de rolagem, evitando os corredores, para ser mais percebido. Outra medida importante e que deve ser adotada é andar com os faróis da moto sempre ligados, para compensar a cortina de água formada pela chuva e ser notado. 

Tração

Você sabia que a água da chuva faz o asfalto ficar mais sujo? Isso pode fazer com que os pneus da moto percam parte da aderência. Para garantir a segurança e se precaver contra esse problema, você precisa reduzir a velocidade e ter muito cuidado com as manobras. Também é bom manter o corpo relaxado e evitar usar os freios de forma brusca, dando preferência a frenagens progressivas e suaves.

Para se proteger dos ventos laterais, principalmente em motos mais leves, a indicação é se inclinar ligeiramente na direção contrária, para se manter equilibrado. Mas é necessário ter cuidado e ficar atento, retornando à posição normal caso os ventos parem subitamente.

Faróis, setas e aquela distância segura

Se nos dias de sol, as setas e os faróis já são indispensáveis, imagine se estiver caindo um pé d’água. Por isso, busque usar as setas quando for entrar em alguma esquina e ande com os faróis ligados, pois, além de melhorarem a visibilidade do próprio motociclista, são um alerta para os outros motoristas.

Para evitar que possíveis acidentes ocorram, evite fazer ultrapassagens e sempre mantenha uma distância segura dos carros e até de outras motos. E lembre-se de não acionar o freio bruscamente, pois, em dias chuvosos, isso pode resultar em quedas violentas.

Segurança

Agora, se quiser proteção e tranquilidade em duas rodas, o melhor mesmo é contar com a ajuda de um rastreador para moto Autotrac! Com o One Moto, você pode monitorar o seu veículo mesmo a distância, 24 horas por dia, usando o celular ou o tablet. Além disso, você é alertado em casos de movimentos indevidos e conta com serviços exclusivos, como os de Pronta Resposta Nacional.

Quer saber mais? Clique aqui e conheça a linha completa de rastreadores da Autotrac.

Já está indo? [Compreagora10%]