Presença marcante no automobilismo brasileiro, a Autotrac fechou a sua primeira parceria na motovelocidade no final do mês passado. Na primeira prova com o apoio da empresa líder de mercado quando o assunto é rastreador veicular, na etapa de Goiânia da Moto 1000 GP, a equipe de Alex Barros na categoria GPR 250 deu um […]

A Autotrac chegou à Moto 1000 GP: a nova apoiadora das equipes de Alex Barros

Presença marcante no automobilismo brasileiro, a Autotrac fechou a sua primeira parceria na motovelocidade no final do mês passado. Na primeira prova com o apoio da empresa líder de mercado quando o assunto é rastreador veicular, na etapa de Goiânia da Moto 1000 GP, a equipe de Alex Barros na categoria GPR 250 deu um show.

Além de apoiar o esporte nacional, a Autotrac se coloca ao lado de Alex Barros em seu projeto, oferecendo a tecnologia mais confiável disponível no mercado para o rastreamento e o monitoramento de motocicletas.

“Estamos muito honrados com a chegada de mais um importante apoiador como a Autotrac, uma empresa séria, líder de mercado e ligada a um dos maiores campeões da nossa história, o Nelson Piquet. Agradeço a confiança de todos e vamos continuar trabalhando forte e acelerando muito para retribuir com vitórias e conquistas nas pistas”, comentou Alex Barros.

As máquinas das equipes Alex Barros Racing nas categorias GP 1000, GP Light e GPR 250 passam a contar com o apoio de uma empresa com mais de 20 anos de experiência.

“Em geral, os motociclistas são apaixonados por suas motos, e a segurança de acompanhá-las o tempo todo pelo smartphone, mesmo quando se está distante delas, é uma tranquilidade enorme”, explica Nelson Piquet, tricampeão mundial de Fórmula 1 e acionista da empresa.

rastreador_autotrac_moto_alex_barros

Etapa de Goiânia da Moto 1000 GP

Na primeira corrida com apoio da Autotrac, no último dia 27, a equipe Alex Barros Racing conquistou duas posições no pódio e teve um total de quatro pilotos entre as sete primeiras colocações na categoria GPR 250, mostrando a força que tem.

O jovem piloto Brian David cruzou a linha de chegada lado a lado com Ton Kawakami, sem diferença no cronômetro. A direção de prova precisou recorrer ao photo finish para determinar o resultado final, dando a primeira colocação para Kawakami.

A equipe comandada por Alex Barros ainda teve Guilherme Brito no pódio, em terceiro, José Duarte em quarto e Diogo Moreira em sétimo.

David, de 13 anos, segue na vice-liderança da competição, com 112 pontos, 12 a menos que Kawakami. Brito, que tem 12 anos, também marcou um ponto pela volta mais rápida da corrida e é o quarto na tabela do campeonato de 2015. Duarte, de 17 anos, segue em terceiro, enquanto o caçula da equipe, Moreira, com apenas 11 anos, é o sexto colocado na temporada.

Leia também:

É apaixonado por duas rodas e pratica motocross? O rastreador para moto Autotrac pode ser perfeito para você!

Cuide da sua moto com as dicas da Autotrac

As roupas especiais para motociclistas são mais do que acessórios que protegem do frio. Elas também são itens valiosos de segurança. Saiba por quê.

Já está indo? [Compreagora10%]